Thursday, August 29, 2013

No Brasil, smartphone vende mais que aparelho comum

Os fabricantes de celulares já colocam no mercado brasileiro mais smartphones do que aparelhos convencionais, os "feature phones". Segundo a empresa de pesquisa IDC, a virada aconteceu no 2º trimestre, quando 8,3 milhões de smartphones - ou 54% das vendas totais de 15 milhões de celulares - chegaram ao varejo e às revendas. Segundo a IDC, o mercado de celulares como um todo apresentou um crescimento de 3% na comparação com o 2º trimestre de 2012. As vendas de smartphones mais que dobraram (110%). Os "feature phones" caíram 35%.
Leandro Munin, analista da IDC, disse por meio de comunicado à imprensa que o crescimento das vendas de smartphones "é impressionante". O analista atribui o desempenho a vários movimentos distintos e complementares, como a ampliação do mix de produtos em diferentes faixas de preço pelos fabricantes, o aumento das promoções e a maneira como os aparelhos estão sendo expostos tanto na operadora quanto no varejo. O especialista também destacou a desoneração de tributos para os aparelhos fabricados no Brasil.
Entre o 2º trimestre de 2012 e o mesmo período deste ano, o preço médio dos smartphones caiu 24%, segundo a IDC, para US$ 240. "Smartphones de menor preço seguem ganhando tração no mercado, mas a chave para o sucesso dos fabricantes é manter esta oferta de preços baixos em adição a uma oferta de produtos e serviços premium também", disse Munin.
Dos smartphones vendidos no 2º trimestre, 90% tinham o sistema operacional Android, do Google. Os dados da IDC indicam aumento nas vendas de smartphones que funcionam com chip de mais de uma operadora, os multi-SIM. Essa categoria tem 40% de participação de mercado ante 15% há um ano.
Valor Econômico - 29/08/2013
Related products
See this news in: english
Other news
DATAMARK LTDA. © Copyright 1998-2022 ®All rights reserved.Av. Brig. Faria Lima,1993 third floor 01452-001 São Paulo/SP