quarta-feira, 25 de maio, 2022

A vez da Carne Vegetal

Ainda com baixa penetração no mercado brasileiro, a carne vegetal é uma grande aposta da PlantPlus Foods, foodtech de alimentos à base de plantas criada por Marfrig e ADM. Para a empresa, o aumento em vendas passa principalmente pela questão de experimentação e conhecimento por parte do consumidor. As perspectivas de crescimento consideram movimentos já observados nos Estados Unidos e na Europa. "São mercados que têm uma penetração que chega ao dobro do que tem aqui no Brasil. A gente entende que é uma realidade, e que precisamos também trazer essa opção para o brasileiro", afirma, em entrevista exclusiva ao Jornal Giro News, Beatriz Hlavnicka, Head de Marketing para América do Sul da PlantPlus Foods, lançada há um ano.
- Ampliação da Distribuição
Agora, a marca traz quatro novos produtos plant-based ao seu portfólio: hambúrgueres nos sabores picanha e costela, frango desfiado e linguiça toscana. "Vamos ampliar a distribuição, principalmente na região do Nordeste. Então a gente vai abrir 3 novos distribuidores: Ceará, Pernambuco e Fortaleza", antecipa Beatriz. Além do varejo, os produtos também estarão disponíveis no cash & carry com embalagens específicas para o canal. "É uma outra maneira interessante de gerar experimentação e conhecimento da categoria e da marca", reforça. No segundo semestre, a PlantPlus terá uma nova campanha, que abrangerá o digital e o ponto de venda. "Quem é o grande percursor e que faz a categoria crescer são os millennials e a geração Z. Então, por exemplo, o TikTok vai ser uma das mídias que vamos investir bastante."
- Planos da Marfrig
Considerando todas as suas marcas, a Marfrig pretende continuar fortalecendo sua presença no ponto de venda em 2022, através do trade marketing. "O que a gente está desenvolvendo como marketing e trade marketing é para que as pessoas conheçam realmente a carne, os cortes de carne", explica Kátia Almeida, Gerente Nacional de Marketing e Trade Marketing da companhia, com exclusividade ao Jornal Giro News. Com a alta da inflação, a fabricante percebe uma perda no poder de compra. "As pessoas trocam de carne ou consomem menos, mas não deixam de consumir." Além do trabalho no PDV, a Marfrig conta com embaixadores para potencializar suas marcas. "A gente não vai ser mais uma empresa de proteína, a gente vai ser uma empresa de alimentos", finaliza Katia.
https://www.gironews.com/informacoes-de-fornecedores/a-vez-da-carne-vegetal-68382/ Giro News - 25/05/2022
Produtos relacionados
Outras noticias
DATAMARK LTDA. © Copyright 1998-2022 ®All rights reserved.Av. Brig. Faria Lima,1993 3º andar 01452-001 São Paulo/SP