terça-feira, 29 de setembro, 2020

Embalagem de Kaiak Oceano, da Natura, utiliza plástico retirado do mar

A Natura anunciou que as embalagens do perfume Kaiak Oceano são produzidas com resíduo plástico coletado nas praias do litoral brasileiro. Pelo menos 50% do plástico utilizado nas embalagens é retirado do Oceano. O vidro utilizado na produção do frasco também é reciclado.
Fernanda Watanuki, gerente de desenvolvimento de embalagens, afirma que, “como empresa, temos o compromisso de erradicar a poluição e o desperdício causado por esse material. Adotando plástico reciclado em parte da embalagem da nova fragrância, queremos despertar a consciência para o problema do lixo plástico nos oceanos”.
As cooperativas de cidades litorâneas recolhem os resíduos, impedindo que cheguem até os oceanos, e os enviam para empresas parceiras da Natura que atuam na reciclagem de plástico. O material pós-uso é então transformado em matéria-prima para a composição das tampas de Kaiak Oceano.
A empresa pretende utilizar, em um ano por meio desse processo, seis toneladas de plástico reciclado na produção das embalagens.
A fim de minimizar ainda mais o impacto ambiental do produto, a Natura optou por selar os cartuchos de Kaiak Oceano sem a utilização de filme plástico descartável. Futuramente, todas as embalagens da linha Kaiak virão sem filme plástico e contarão com tampa de plástico reciclado.
“Pretendemos também eliminar o máximo possível de plástico de outras linhas e migrar de modelos de uso único para os de reuso. Temos como meta inovar para garantir que 100% das embalagens plásticas possam ser reutilizadas, recicladas ou compostadas com facilidade e segurança até 2025, além de fazer circular o plástico produzido, aumentando consideravelmente a quantidade de materiais reutilizados, reciclados e/ou transformados em novas embalagens ou produtos”, diz Fernanda.
EmbalagemMarca -28/09/2020
Outras noticias
DATAMARK LTDA. © Copyright 1998-2020 ®All rights reserved.Av. Brig. Faria Lima,1993 3º andar 01452-001 São Paulo/SP