quinta-feira, 09 de setembro, 2021

Termotécnica completa 60 anos com avanços em inovação e sustentabilidade

A Termotécnica, maior transformadora de EPS da América Latina, acaba de completar 60 anos. Ainda como integrante do Grupo Tupy, foi fundada pelo visionário Dieter Schmidt, pai de Albano Schmidt, que assumiu a empresa em 1996. Desde o seu início a companhia tem sido pioneira e protagonista no mercado de soluções de embalagens em EPS (popularmente conhecido como isopor) no país e vem se reinventando atendendo as novas demandas dos clientes e dos consumidores.
“Nesta trajetória desbravamos novos caminhos, novas soluções, migramos para outros mercados. Desenvolvemos soluções antes inexistentes, trabalhando em conjunto com os clientes para oferecer as melhores alternativas de proteção e para quebrar as barreiras logísticas de transporte e distribuição de produtos, sempre buscando novas aplicações para esse material tão versátil”, destaca Albano Schmidt.
- HISTÓRIA
O desenvolvimento de produtos com engenharia e ferramental próprios foram os primeiros passos para alcançar a autonomia e conquistar reconhecimento como uma empresa de classe mundial.
Nos anos 1970, a empresa deu início ao atendimento de clientes do varejo, com caixas térmicas para alimentos e bebidas.
Nesta época, a companhia cresceu muito também nas aplicações de barreiras de calor, explorando a característica de isolamento térmico, desenvolvendo tecnologia e engenharia de projetos construtivos para grandes frigoríficos e câmaras frias.
Na década de 1980 passou a produzir a própria matéria-prima, com a fundação da planta Termocell, junto à matriz em Joinville, o que credenciou a empresa a fazer parte do seleto grupo da indústria petroquímica. Com isso, a Termotécnica verticalizou sua produção, ganhando ainda mais autonomia nas operações.
É em 1980 também que ocorre a inauguração da filial em Manaus (AM) para atender de perto às necessidades de importantes clientes, principalmente da Linha Marrom (áudio e vídeo).
Nos anos 1990, introduziu o conceito shrink na Linha Branca (eletrodomésticos) no Brasil. Com esta solução a empresa promoveu uma verdadeira revolução neste segmento, mudando de forma definitiva o modelo de embalagem para refrigeradores, fortalecendo nossa liderança como empresa pioneira e inovadora.
Ainda em 1990, mostrando seu potencial de inovação, a empresa assinou o primeiro convênio com a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e criou a sua própria área interna de pesquisa e desenvolvimento. Ao todo, são 97 patentes (desenho industrial, modelo de utilidade e invenções) e 19 marcas registradas.
Por toda essa trajetória de inovação, recentemente a empresa conquistou o Prêmio Inovação Catarinense “Professor Caspar Erich Stemmer”, na categoria empresa inovadora, concedido pela Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação de Santa Catarina (Fapesc).
Nos anos 2000, a Termotécnica investiu em novas expansões com a inauguração das unidades fabris em São José dos Pinhais (PR) e Rio Claro (SP) para atender principalmente o mercado de Linha Branca.
E em 2012, inaugurou a unidade fabril em Petrolina (PE), voltada a soluções para o agronegócio com a marca DaColheita. A crescente demanda dos produtos do Vale do São Francisco possibilitou a expansão para a região Nordeste.
economiasc - 30/08/2021
Produtos relacionados
Comprar PS
Outras noticias
DATAMARK LTDA. © Copyright 1998-2021 ®All rights reserved.Av. Brig. Faria Lima,1993 3º andar 01452-001 São Paulo/SP