sexta-feira, 29 de janeiro, 2021

Exportações de cachaça para Alemanha e França cresceram em 2020

As exportações de Cachaça cresceram em 2020 – em valor e volume – para alguns países europeus, de acordo com dados do Comex Stat, compilados pelo Instituto Brasileiro da Cachaça – IBRAC, a despeito dos desafios decorrentes da pandemia da COVID-19.
A Alemanha, por exemplo, importou 1,10 milhão de litros de Cachaça em 2020, um volume 2,74% maior do que em 2019. Em valor, a variação anual foi de 6,44%, passando de US$ 1,25 milhão em 2019 para US$ 1,33 milhão em 2020. As exportações para a França, outro país que comprou mais Cachaça no comparativo entre 2019 e 2020, aumentaram em 9,45% em valor e em 24,53% em volume.
Considerando os números totais, referentes aos 70 países para os quais a Cachaça é vendida atualmente, o Brasil exportou 5,57 milhões de litros da bebida em 2020, número 23,9% menor do que em 2019, quando foram vendidos 7,33 milhões de litros. Esse volume representou um faturamento para o setor de US$ 9,5 milhões em 2020 – 34,8% menor do que os US$ 14,6 milhões do ano anterior, refletindo as dificuldades enfrentadas por vários setores da economia devido à pandemia.
Para Carlos Lima, diretor executivo do IBRAC, 2020 foi um ano desafiador, mas o crescimento na venda de Cachaça para alguns mercados europeus dá sinais de cenários mais promissores para o destilado brasileiro neste e nos próximos anos.
A exemplo do que ocorreu em 2019, os dados de 2020 ainda podem sofrer pequenos ajustes em fevereiro, em função do reprocessamento de dados que pode ser feito pelo Ministério da Economia. O objetivo do reprocessamento é capturar as atualizações mais recentes relacionadas a alterações, correções e ajustes naturais que os próprios exportadores e importadores realizam tardiamente ao longo do primeiro mês do ano seguinte.
Engarrafador Moderno - 21/01/2021
Outras noticias
DATAMARK LTDA. © Copyright 1998-2021 ®All rights reserved.Av. Brig. Faria Lima,1993 3º andar 01452-001 São Paulo/SP