quinta-feira, 28 de maio, 2015

Comercialização de lâmpadas incandescentes será proibida a partir de julho do próximo ano

A partir de 1º de julho do próximo ano, o varejo estará proibido de comercializar lâmpadas incandescentes e fluorescentes compactas com potência superior a 60 W. Elas não atendem aos novos níveis mínimos de eficiência energética definidos no Plano de Metas estabelecido na Portaria Interministerial nº 1007/2010, do Ministério de Minas e Energia.
A fabricação e importação do modelo em todo o País estão proibidas desde junho de 2014. Essa regulamentação tem como objetivo reduzir o consumo de energia e vem acontecendo de forma gradativa desde 2012. A fiscalização, a partir do próximo ano, será realizada por órgãos estaduais. Haverá penalidades para os estabelecimentos que não se adequarem.
Supermercado Moderno
Produtos relacionados
Ver esta noticia em: english
Outras noticias
DATAMARK LTDA. © Copyright 1998-2022 ®All rights reserved.Av. Brig. Faria Lima,1993 3º andar 01452-001 São Paulo/SP