terça-feira, 15 de setembro, 2020

Distribuidor quer dobrar faturamento

O Grupo Pegoraro, que aparece em terceiro lugar no Top 10 Atacado Distribuidor do Ranking Abad/Nielsen 2020, pretende fechar o ano com crescimento de 12% em relação a 2019, quando registrou R$ 1,3 bilhão.
Com exclusividade ao Jornal Giro News, Maycon Pegoraro, Diretor Comercial do Grupo, revela que, em cinco anos, a meta é dobrar o faturamento. "Para sustentar esse crescimento, estamos investindo R$ 70 milhões em quatro novos centros de distribuição, sendo que três deles substituirão estruturas que já temos. De Curitiba (PR), mudaremos para um espaço com 18 mil m² em São José dos Pinhais (PR), até o final do ano. Em Florianópolis (SC), a nova instalação terá 12 mil m² e deve começar a operar até dezembro de 2021. Na cidade de Cascavel (PR), o CD será ativado em 2022. Já em Joaçaba (SC), além da nossa sede, teremos mais um centro, com 10 mil m², que iniciará as atividades em janeiro de 2021."
- Chegada em Novos Estados
Com as mudanças, o Grupo Pegoraro passará a contar com oito unidades - atualmente, são sete: três em Santa Catarina, três no Paraná e uma no Mato Grosso do Sul.
"A expansão também inclui conquistar novos fornecedores dentro de nossas áreas de atuação e chegar a novos estados", explica Maycon.
A empresa possui quatro divisões: tabaco, multimarcas, operação exclusiva da Mondelez e distribuição de produtos da Unilever. O Grupo atende 835 cidades nos três estados e seu mix é composto por cerca de 4.500 SKUs.
"Temos 48 mil clientes cadastrados e 40 mil compradores mensais", ressalta o diretor.
Outro projeto do distribuidor é nacionalizar suas marcas próprias: Dom Fiorelo, de azeites e conservas, e as recém-adquiridas Strike, de batata palha e batata ondulada, e MacTost, de especiarias e condimentos.
- Distribuidor no E-commerce
Atento ao crescimento do comércio eletrônico, o Grupo Pegoraro implementará, no próximo ano, uma plataforma online que vai reunir todos os seus parceiros. "Já atuamos em sites em parceria com os fornecedores, mas o objetivo é unificá-los em um único portal.
"Para Maycon, apesar da aceleração da digitalização durante a pandemia, ainda há muito potencial para o setor evoluir, principalmente no mercado B2B. "Há oportunidades de aprimorar o canal com ferramentas como estoques interligados entre distribuidora e clientes, ações de sell-out comandadas por tecnologia, alinhamento de plataformas de recebimento e rastreamento de mercadorias etc."
Outra tendência, segundo o diretor, é a especialização e segmentação do atacado distribuidor, para oferecer um mix mais alinhado de acordo com os formatos de loja atendidos.
Giro News - 14/09/2020
Outras noticias
DATAMARK LTDA. © Copyright 1998-2020 ®All rights reserved.Av. Brig. Faria Lima,1993 3º andar 01452-001 São Paulo/SP