terça-feira, 14 de abril, 2020

Venda de itens de higiene cresce enquanto de outros segmentos caem

A pandemia da covid-19 mudou as práticas dos consumidores ao redor do mundo. Os hábitos de higiene foram intensificados, o delivery e o e-commerce se tornou mais comum para grande parte da população e alguns produtos são recorrentemente comprados. Na cidade de São Paulo, o volume de compras aumentou 25% no período de 16 a 22 de março, em comparação com o anterior, entre os dias 9 e 15. Nesses dias foi registrado um crescimento de 211% na compra de papel higiênico, 98% de produtos para cuidados com a casa, 79% de detergentes e 73% de cereais, segundo dados da empresa de análise de mercado Kantar. O aumento do uso dos produtos acontece também pela mudança de hábito. Segundo uma pesquisa da Procter & Gamble, globalmente 88% das pessoas entrevistadas afirmaram que estão lavando mais as mãos. Elas estão também lavando mais as roupas, com aumento de 37%; aumentando a frequência de escovar os dentes em 19% e as trocas de fraldas dos bebês em 23%. As compras de supermercado ficaram maior para 42% dos clientes, e 37% deles mudaram a forma de fazê-las ao, por exemplo, priorizar o delivery. Apesar da quantidade de compra, outros setores são drasticamente afetados. No site de varejo Elo7, os produtos de festas tiveram redução de 82% no volume de vendas. Entre os itens com maior queda estão lembracinhas (85%), convites (82%) e decoração (78%). Outros segmentos afetados no site foram moda, com queda de 67%, papelaria com 64% e acessórios 41%. “Continuamos a investir para atrair compradores,readequando os investimentos de acordo com as dinâmicas de categorias e dos consumidores, já que os hábitos mudaram drasticamente em um curto espaço de tempo”, disse a empresa em comunicado.
ABIHPEC 09-04-2020
Ver esta noticia em: english espanhol
Outras noticias
DATAMARK LTDA. © Copyright 1998-2020 ®All rights reserved.Av. Brig. Faria Lima,1993 3º andar 01452-001 São Paulo/SP