quarta-feira, 14 de outubro, 2020

Brasil não terá vacinação em massa contra Covid-19 em 2021

A vice-diretora da Organização Mundial da Saúde (OMS) da área de medicamentos, Mariângela Simão, declarou que não será possível vacinar toda a população brasileira contra a Covid-19 em 2021. Segundo ela, não haverá doses suficientes da imunização.
“Não vai ter campanha (de vacinação) em massa no ano que vem. Não vai ter vacina suficiente para vacinar todo mundo no ano que vem”, afirmou a médica brasileira, respondendo uma pergunta específica sobre o Brasil, em entrevista à CNN, nesta terça-feira (13/10).
De acordo com ela, a orientação é para que os profissionais de saúde sejam vacinados em um primeiro momento, assim como pessoas que trabalham com idosos, indivíduos acima de 65 anos ou aqueles que tenham alguma doença associada – isso corresponderia a mais ou menos 20% da população.
A expectativa, segundo a representante da OMS, é que duas vacinas estejam aprovadas até a metade de 2021, mas o recomendado é que elas sejam usadas para imunizar as pessoas que correm mais risco de vida.
“O importante agora não é imunizar todo mundo em todos os países, mas todos que precisam em todos os países”, afirmou.
A representante da agência internacional de saúde afirmou que há 10 vacinas contra a Covid-19 na fase 3 de estudo, que é a última antes da aprovação e do registro do imunizante, mas que nenhuma delas estará pronta até o fim de 2021.
metrópoles - 13/10/2020
Outras noticias
DATAMARK LTDA. © Copyright 1998-2020 ®All rights reserved.Av. Brig. Faria Lima,1993 3º andar 01452-001 São Paulo/SP