quarta-feira, 12 de dezembro, 2018

Só Para Serasa, Atividade do Comércio Recuou

Justamente no mês em que é realizada a Black Friday no Brasil, evento que bateu recorde de vendas neste ano e contrariando índices como da Ebit|Nielsen, que apontou o faturamento de R$ 2,6 bilhões na data; a Serasa Experian afirma que o movimento dos consumidores nas lojas de todo o país recuou 0,5% em novembro, já efetuados os ajustes sazonais. Quando comparado com novembro do ano passado, houve crescimento de 5,4%. Segundo os economistas da empresa, a atividade varejista em novembro foi impactada negativamente pelos excessos de feriados e suas respectivas "pontes" que aconteceram naquele mês, diminuindo o fluxo dos consumidores nas lojas. Ainda de acordo com a Serasa, três segmentos varejistas apresentaram recuos na comparação com o mês anterior: móveis, eletroeletrônicos e informática (-0,8%); veículos, motos e peças (-1,0%); e combustíveis e lubrificantes (-0,9%). Enquanto isso, a Associação Nacional de Fabricantes de Produtos Eletroeletrônicos (Eletros) diz que houve um crescimento de aproximadamente 5% nas vendas do setor durante a Black Friday deste ano. Na avaliação da Serasa, o segmento de supermercados, hipermercados, alimentos e bebidas manteve-se estável em novembro e os segmentos de material de construção (0,9%) e o de tecidos, vestuário, calçados e acessórios (0,6%) tiveram saldo positivo. A metodologia do Indicador Serasa Experian de Atividade do Comércio é construído, exclusivamente, pelo volume de consultas mensais realizadas por estabelecimentos comerciais à base de dados da Serasa Experian e composta de cerca de 6.000 empresas comerciais.
Giro News - 11/12/2018
Ver esta noticia em: english espanhol
Outras noticias
DATAMARK LTDA. © Copyright 1998-2020 ®All rights reserved.Av. Brig. Faria Lima,1993 3º andar 01452-001 São Paulo/SP