terça-feira, 17 de outubro, 2017

Exportações de carne suína crescem 17,6%

O Brasil exportou US$ 1,248 bilhão em carne suína nos nove primeiros meses deste ano, de acordo com a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA). O resultado representa um crescimento de 17,6% na comparação com as vendas registradas entre os meses de janeiro e setembro do ano passado, quando haviam sido vendidos US$ 1,061 bilhão.
Já em termos de volume foram embarcadas 530,8 mil toneladas até agora em 2017, o que significa uma baixa de 3,8% sobre o montante exportado no ano anterior (551,9 mil toneladas). No mês de setembro foram vendidas ao exterior 61 mil toneladas, um desempenho 16,7% menor que o registrado no nono mês de 2016 (73 mil toneladas). Neste caso merece ser destacada a elevada base de comparação, pois Setembro/2016 marcou o maior resultado mensal já registrado pelas exportações brasileiras de carne suína.
O principal importador de carne suína do Brasil foi a Rússia (210,3 mil toneladas entre janeiro e setembro), cujo desempenho foi 11,7% superior que o obtido no mesmo período do ano passado (188,4 mil toneladas). Na sequência aparece Hong Kong (112,2 mil toneladas).
“A Rússia incrementou suas compras e a participação nas exportações totais do Brasil, sendo responsável por 40,8% das vendas brasileiras em 2017. O sólido relacionamento que construímos com o mercado russo foi especialmente notável este ano”, destaca Francisco Turra, presidente-executivo da ABPA.
Ricardo Santin, vice-presidente de mercados da ABPA, vai além e destaca que, “com a abertura para novos produtos e novas áreas exportadoras do Brasil, é esperado que Singapura assuma um papel ainda mais expressivo em nossas exportações a partir de 2018. Hoje é o quarto maior importador, responsável por 4,8% do total dos embarques brasileiros neste ano”.
Agrolink – 11/10/2017
Produtos relacionados
Ver esta noticia em: english espanhol
Outras noticias
DATAMARK LTDA. © Copyright 1998-2019 ®All rights reserved.Av. Brig. Faria Lima,1993 3º andar 01452-001 São Paulo/SP