quinta-feira, 05 de fevereiro, 2015

Fabricantes de bebidas não alcoólicas tentam reduzir consumo de água

A Abir (Associação da Indústria de Refrigerantes e Bebidas Não Alcóolicas) está se movimentando para não ser tão afetada pela crise da água que atinge principalmente o Sudeste. Seu presidente recém-eleito, o advogado Alexandre Jobim, filho do ex-ministro Nelson Jobim, começou a articular e negociar soluções para essa que é a principal preocupação das empresas do setor nesse momento.
A crise hídrica é a novidade numa indústria que tem na água seu principal insumo, e tomou boa parte de uma reunião realizada ontem (3/2) pela Abir. Pelo menos duas fábricas, uma localizada em São Paulo e outra em Minas Gerais, dois dos Estados mais afetados pela crise, já pensam em mudar suas operações. "Há uma grande preocupação e vontade de engajamento da indústria em projetos para suprir o problema da captação de água", disse o dirigente da Abir.
São 30 bilhões de litros de água gastos na fabricação das bebidas propiamente ditas, além dos 45 bilhões de litros usados em todo o processo produtivo. Ou seja, para cada litro contido na embalagem, a indústria usa 1,5 litro no processo produtivo. É nesse espaço que deve se concentrar o esforço das empresas para se adequar aos novos tempos de escassez de água.
No início dos anos 90, para cada litro na garrafa eram consumidos três litros no processo produtivo. O objetivo de curto prazo agora é chegar a 1,2 litro para cada um na embalagem e, mais adiante, à paridade de um por um. É a primeira providência a ser tomada. "O setor está alerta", diz Alexandre Jobim, "a partir de agora teremos a água como foco de nossa preocupação".
A indústria de refrigerantes e bebidas não alcóolicas quer fazer valer, em Brasília, o seu peso na economia: um faturamento anual de R$ 60 bilhões, números ainda de 2013, o que representa algo em torno de 1,3% do Produto Interno Bruto, e o pagamento anual de R$ 20 bilhões de tributos. Os investimentos dos associados são estimados em R$ 7 bilhões anuais, sendo R$ 41 milhões dirigidos para projetos de sustentabilidade, que devem ser ampliados.
Supermercado Moderno / Valor
Produtos relacionados
Ver esta noticia em: english
Outras noticias
DATAMARK LTDA. © Copyright 1998-2019 ®All rights reserved.Av. Brig. Faria Lima,1993 3º andar 01452-001 São Paulo/SP